mInis & tRemoços!

Dezembro 02 2009

Aproveitando estas vagas de feriados, bem como o espírito que advém do S. Martinho, decidi ir provar o vinho (a água pé já era) para manter a alma e o corpo quentinho, ora aí está!

 

O país vai de mal a pior... prisioneiros com penas reduzidas, corrupção ao mais alto nível, guerra entre os clubes que lideram a tabela da liga de futebol. greve dos árbitros da Inatel, escutas telefónicas, a crise, os políticos, tudo graves problemas desta sociedade que cada vez acredito mais que seja do salve-se quem puder (leia-se: salve-se quem for mafioso e corrupto).

 

Para contradizer estes tristes factos, dediquei uns dias à descoberta do mais precioso e belo líquido da natureza, após a cerveja claro, que é o vinho.

Como estou em terra de vinha, vinhos, vinhedos e vindimas, nada melhor que começar pelos santos da casa, que plos vistos até fazem milagres :)

 

Domingo saí aqui da tasca, deixando as minis (quase) de parte por uns dias para me aventurar nas adegas cá da terra... São muitas, eu sei, mas em dois dias consegui ir a duas o que prefaz uma boa média.

 

Na primeira surge um queijinho caseiro, uns jarros de bom tinto (e branco não o provei) e uma lareira acolhedora, uma guitarra, duas gaitas de beiços e uma cana rachadas.... Meia dúzia de rouchinois afinados e lá vai o bailarico armado, do pimba ao fado, passando mesmo pela música erúdita e clássica e ainda dando uma espreitadela na música de revolução de Abril...

Era possivelmente o mais novo na tasca, a julgar pela média de idades que devia de estar nos 50 anos mas gostei bastante e fiquei de voltar para jantar um dia destes, um belo bacalhau assado ou quem sabe uma sopa de ossos.

 

Na terça feira foi dia de ir a outra taberna... provar a azeitona nova, as sandes de azeite e alho com o novo azeite, um bacalhau com nozes e claro está uns valentes malhões de bom tinto da casa, este ainda em pipa de madeira servido em copo de barro.

Fiquei por pouco tempo pois a lareira já estava meio apagada e porque hoje era dia de trabalho mas valeu a pena o breve momento!

 

Daqui a dias tentarei visitar outros destes locais que felizmente ainda abundam aqui na vila e assim provar mais tinto precioso, petiscos e claro, aquecer para proteger do frio que se tem feito sentir. No próximo feriado quem sabe...

 

Juntando o útil ao agradável, anima-se a malta, ajuda-se o comércio local, preservam-se tradições e adquire-se a cultura que as tv's e jornais não passam para fora, para não falar no que se aprende nestes locais sobre o mundo real e as politiquices e fofocas que por aí correm...

Corrupção aqui não há, e quando te perguntam se é branco ou tinto, basta dizer: Cheio!

 

Fica então um "cheirinho" da animação por estas bandas:

 

publicado por davidbranco às 16:11

Maio 30 2009

Ora cá estou eu...

Andei um pouco deprimido, que é como quem diz ocupado ultimamente. Mas como todos podem constatar o calor está ai e a apertar em força, pelo menos aqui por terras de bom vinho (leia-se Ribatejo).

Só me dá é vontade de estar numa esplanada a berber minis e a comer tremoços até mais não. Pudera, com as vistas que se vão tendo por agora... Até estala como diz o outro.

 

Ora o nosso país está na mesma tanga, agora com estas temperaturas dá jeito mas já cheira mal de mais, a suvaco ou a política, venha o diabo e escolha.

É a novela das europeis, o caso da menin que foi para a Russia e leva porrada da mãe biológica, a novela Manuela Moura Guedes e o jornal da sexta a noite na TVI, o Quique flores, as suas dores (de corno principalmente) e o salvador da Luz, o "Menino" Jesus.

 

Anda tudo em água de bacalhau, mas há algumas figuras públicas mais distraídas que viraram costas a isto tudo e andam mas é com o bacalhau nas águas, e elas é que fzem bem pois com este calor eu não só punha o bacalhau como as batatas, as couves e até mesmo a travessa dentro de um bom charco (de cerveja principalmente).

 

Para além de ocupado tenho andado meio doente. Primeiro foi a malvada gripe que já todos pensavam ser suína, e eu que a coisa mais parecida com o México em que tinha estado tinha sido uma festa mechicana, já me estava a assustar.

Análises para aqui (com uma analista muito gira e simpática que tenho pena de não conhecer melhor), exames para acolá, umas bolhas esquisitas nas mãos, uns valores estranhos nas análises e pumbas, o meu fígado tá maluco.

Foi sair com os rins e o pâncreas, engrascaram-se e ao que parece está com uns valores desgraçados. Ainda não se recompõs da noitada está visto.

Com isto tudo tenho de beber menos e me vingar nas águas com gás, estas boas para subir a tensão que também est´em baixo pois foi a anfitreã da festa em que o fígado levou a malta.

 

Sobe a tensão e sobem outras coisas, só o dinheiro é que desce... Porra que a vida tá difícil... Há uns anos na tv alfuém dizia sempre isso e o pessoal ria-se, agora geralmente chora-se. É como quando se via o bambi, antigamente chorava-se agora também faz subir a tensão.

 

Agora passam na rua carros do partido comunista em campanha, já se vê de tudo... Talvez os dois grandes temas da actualidade sejam essas eleições que todos os velhotes não sabem sequer para que servem mas pronto e o treinador do Benfica...

A primeira já se vê de modo grosso por aí, a outra é que é mais complicado. O Quique deve de andar pelas reloutes das bifanas na Amadora ou nos picanços na vasco da Gama com o Luís Filipe e os No Name a angariar pessoal para lixar o Jesus, que por sua vez, segundo uma ouvinte de uma rádio nacional, vai participar hoje numa procissão em Trás-os-Montes. A senhora garantiu esta manhã que a procissão vai contar com as presenças dos anjinhos, de andores e de Jesus. Assim já percebo porque é que o querem à força na luz, é que o homem é devoto e assim pode ser que tenham mais sorte.

Mas não me acredito que ele venha para o Benfica, até me custa crer que algumas vez tenha treinado um clube de futebol... Senão na bíblia falava nisso e plo que sei não vem em parte nenhuma... Modernices... lá convenceram o rapaz a vir cá dar uma perninha e deve ter gostado.

Outra das coisas que tem fascinado asqui a clientela, para além do aquário colocado recentemente no lugar da arca dos gelados (levada pelo fornecedor para troca) é o Fascinante Mundo da empresa Google. Anda tudo a dizer que eles têm um plano para conquistar o mundo e são ET's e andam a fotografar as cidades para poderem atacar a qualquer momento :p

Face a esta recente moda, resolvi mergulhar de cabeça num novo projecto, alarguei a tasca para baixo e na cave criei um bunker de protecção que se chama Magalhães, em homenagem à maior invensão de tecnologia após o motor de busca tãofamoso da empresa dos dois ós.

Mas como há que se ter conhecimento de causa, ando a investigar essa empresa e os seus passos mais recentes. Para tal criei mais um blog, o Mundo Google. Espreitem por lá se fazem favor.

 

Agora que já terminei as aulas posso dar mais tempo à tasca e manter aqui o estaminé limpo e actualizado, pelo que vos peço que visitem e divulguem junto dos vossos entes queridos ou inimigos.

Agora vou parar de escrever e vou para a esplanada que já estou a soar... Vou pedir mais uma mini e aproveitar esta tarde sem fazer nada :p

 

Portem-se (mal).

Até amanhã 

 

publicado por davidbranco às 16:15

dia-a-dia numa tasca virtual que é a imagem do local tipicamente Português: A Tasca (em representação de todas as tascas) onde se come o belo do tremoço a acompanhar a Mine... Assim se vai criticando e olhando a sociedade...
mais sobre mim
Maio 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


pesquisar