mInis & tRemoços!

Receber actualizações no mail

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Março 10 2009

Segundo declarações do presidente da Câmara de Lisboa, esta cidade não pode ser considerada violenta nem perigosa e casos como o das Olais do fim-de-semana passado e do assalto ao BES há uns tempos são meras excepções.

Foram somente casos de policia e não casos que devam dar que pensar aos políticos e cidadãos.

Em nenhum houve consequências severas para os intervenientes ("maus"), deve ter sido como forma de incentivo a mais "excepções" destas.

É uma festa!

Só falta agora dizerem que no Bairro Alto  não se trafica droga, que no Intendente os toxicodependentes não se injectam na rua a meio do dia indiferentes ao olhar dos poucos policias que por lá passam e que na estação de metro de Anjos cheira a mijo 24h por dia...

 

Até em cidades pequenas e mesmo em vilas o clima de violência e descaramento é muito superior ultimamente.

 

Dois exemplos: Ontem mesmo aqui em frente à tasca vi uma moça a ser ameaçada por um velhote e este a agarrá-la com toda a força... Ela gritou mas ninguém fazia nada até que alguém acalmou a coisa.

Indo ainda mais ao promenor, na noite de sábado para domingo entraram no quintal da minha vizinha e roubaram as gaiolas dos pássaros, e os pássaros claro, e ainda umas palmeiras por plantar em vazos...

 

Já não estamos descansados em lado nenhum... E os políticos dizem que não é bem assim e tal. Obrigado eles só saem à rua algum tempo antes das eleições, não andam de transportes públicos e nem vão às Olaias... Muitos menos ao Intendente, a não ser que as esposas lhes faltem e ai pronto sem ninguém ver e tal...

 

Sinceramente...

Estamos a chegar ao primeiro mundo numas coisas (veja-se pelo twitter lol) e ao terceiro mundo noutras (como a violência).

Dá-se a desculpa da crise e do desemprego e ficamos todos felizes da vida... Pensam eles ser assim porque aqui no caso dos frequentadores da tasca as coisas são de forma diferente...

 

Vamos mas é organizar outra excursão (há pessoal que ainda não voltou da anterior mas...), desta vez a Bruxelas pedir clemência e protecção (e algumas couves)  aos poderes europeus já que neste pedaço de terra à Beira Mar o poder está sempre mais interessado em encher algumas carteiras - As suas!

 

25 euritos e enchemos uma camineta da carrêra e bumbas lá vamos nós todos catitas com cascois do Benfica, de Portugal e as nossas marmitas...

publicado por davidbranco às 15:40

Março 05 2009

Em tempo de crise não se limpam armas... Ups, crise não, guerra.

Mas estamos em tempo de ambas as coisas. É a crise económica e todas as daí resultantes e também guerras e mais guerras, na Guiné, no tribunal de Gaia, na Fenprof e por ai fora.

 

O tema destes dias dos clientes da tasca tem sido mesmo este, a crise, a guerra e as guerras que o tugazinho gosta de alimentar bem ao género de um programa de Fátima Lopes ou de uma novela da TVI.

 

Ora vejamos os pontos e coloquemos à posteriori os "is". 

Há um julgamento de uma cambada de imbecis e corruptos no tribunal de Gaia, sim é o caso do Pinto da Costa e daquela que se lhe acabou a mama. 

A casa da criação já deve andar a seguir as personagens para uma novela ou mini filme é que aquilo de julgamento só mesmo o nome. Cá fora é uma autêntica novela com encenações e esquemas perfeitos. Há gente capaz de tudo para se safar a um julgamento... Oh Carolina não me digas que um estalinho te faz assim tão mal!? Quando o Jorge Nuno te dava açoites nas náldegas nem piavas... Ah pois! Não era dia de julgamento...

 

Mas vergonha maior que estas guerrinhas é a crise e as medidas de a combater. Ao ler um jornal de hoje até me pareceu que seria uma notícia de uma ilha paradisíaca e não da pobre UE. O Parlamento Europeu está com pena dos Euro-Deputados, sim desses senhores com escritórios em Bruxelas e uma conta off-shore num banco do Sirilanka, e então aprovou uns novos estautos ou leis ou como lá eles lhe chamam e pumbas... Os senhores Euro-Deputados vão ter o seu ordenado duplicado.

 

No caso dos Portugueses passam a receber quaquer coisa como 6000 euros (já com os descontinhos feitos) no final do mês e ainda as ajudas de custo de cerca de 300 euros / dia (fora viagens) dos dias que se tenham de deslocar na UE para reuniões.

 

Depois vêm os deputados alegar que é uma medida justa pois havia grande disparidade salarial para euro-deputados de países diferentes e que fazem a mesma coisa, ou seja, nada.

Vejamos que um euro-deputado Bulgaro ganha 900€ e um Itaiano 12000€, são os dois extremos. Ainda se queixam? Eu gnho pouco mais de 400 e ando aqui... VOU PARA EURO-DEPUTADO!

Votem em mim em Junho que a concorrência é forte, ainda por cima a saberem que vão ganhar 6000 euritos extra é ver todos os deputados da Assembleia da República Portuguesa (para não falar noutros países) a quererem ser euro-deputados.

 

Pode ser que a alguns lhes caia o tacho e se safem.

 

E por falar em tachos, soube ontem que vou ter, finalmente, um docente para a cadeira de Web Marketing, é que o curso já está há um ano a ser leccionado e só agora arranjaram professor. Bem que podiam ir buscar um ao desemprego ou algo do género que sempre alimentavam mais uma família mas não, vai-se logo buscar um elementos dos altos quadros da TAP, ou seja mais um ordenadinho para o senhor... 

 

Enfim aquela do ou tem pais ricos ou foi ao BES já não cola, agora deveria de ser:

- Estamos em crise mas aquele ou é Euro-deputado ou vende droga ou assim pois de outra forma não sei como se safa nesta crise criada pelo hipócritas que cada vez querem ter mais não olhando a finsnem a meios para o conseguri...

 

Porque será que nunca vi um deputado ou um político a fazer greve?

E não o Picoto não conta, ele até está preso mas isso depois falamos...

Os professores fazem é certo mas são aqueles de ensino básico e secundário, os catedráticos e universitários custa-me um pouco a querer, eles já recebem tanto, eu já pago tantas propinas!!!

Mas politicos em greve? Para quê se já é isso que fazem 365 ou 366 dias por ano!?

 

Tenho pena é dos trabalhadores da CP que eram para estar hoje de greve e nem isso podem... Mas hoje não ralho muito com eles pois até nem tive de esperar eternidades na passagem de nível como é hábito...

 

Bem até breve, vou limpar a tasca!

publicado por davidbranco às 09:18

Receber actualizações no mail

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

dia-a-dia numa tasca virtual que é a imagem do local tipicamente Português: A Tasca (em representação de todas as tascas) onde se come o belo do tremoço a acompanhar a Mine... Assim se vai criticando e olhando a sociedade...
mais sobre mim
Maio 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


pesquisar
 
subscrever feeds