mInis & tRemoços!

Receber actualizações no mail

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Junho 23 2009

Há pouco quando vos cabava de escrever, algo de estranho se passava na esplanada. Até vos disse: "Acho que uns clientes nossos se estão ali fora a preparar para algo estrondoso, estão os quatro à volta de um portátil com uma daquelas pens que largam internet e a rir uns dos outros. O que será? Vou investigar e já digo alguma coisa ok?"

 

Pois bem as minhas investigações não falham e as minhas teorias são fatais. Pouco depois da hora do almoço apercebi-me de movimentações ainda mais estranhas e foi ai que avancei sem medos e descobri o que estava por trás de tanta algazarra e euforia.

 

Os quatro marmanjos que aqui andam sempre, O António Camisa, o Jorge Motores e as Marias (Fazenda e GTI) lançaram um blog para contar e divulgar ao mundo, o que de mais espectacular se passa no "seu mundo". Eles são cá umas personagens...

Como até são bons e habituais clientes não fiquei chateado e até lhes paguei uma rodada.

 

Ora eles andam sempre a armar das suas e a falar de tudo o que se vai passando na actualidade. Para tal criaram um blog, o Ca Cena que pode ser visitado em www.cacena.com

Espero que gostem, eu gostei e até já subscrevi o RSS Feed por mail para ser dos primeiros a saber das novidades. Ah pois é, como eles dizem, tas a ver ou não!?

publicado por davidbranco às 16:59

Março 03 2009

(off-topic)

Vai uma pessoa almoçar na pequena uma hora que tem e tem de ir ao banco...

Ora lá se vai todo o tempo e lá vamos nós ter de almoçar a correr.

Hoje parecia diferente, tinha de ir ao banco e aos correios. Optei por esta ordem por questões logísticas e fiquei contente ao entrar na CGD e ver que so tinha 4 números da senha A á minha frente. Pensei hoje 5 minutinhos e tou safo.


Mentira, deram em atender pessoas das senhas C, D e G e as da A pouco andaram pois só estavam 2 funcionários ao balcão.

A malta reclamou e a justificação é que é hora de almoço. Mas estão pelo menos 20 funcionários (contei eu) nas secretárias atrás do balcão a fazer sabe-se lá o quê... Podiam muito bem dar uma mãozinha nestas horas de almoço aflitas e movimentadas...


Conclusão... Esquece os correios senão ai nem almoçava pois o atendimento é semelhante e almoço a correr em 15 minutos... Se tivesse espinhas e me engasgasse queria ver quem me idmenizava...


Mas pronto é o pais que temos... Pena é não dar para depositar cheques pela net e as máquinas de depósito não aceitarem o meu cartão senão eu nunca ia a um balcão de um banco... Nuncaaaaa


Vou fazer à antiga! Esconder tudo debaixo do colchão ou na copa de uma árvore disfarçado de pássaro, em último caso compro um Magalhães para guardar la dentro, mas passar tempo e secas em filas de bancos... Não Obrigado!

Ainda por cima nestes capitalistas com uma mega sede (ver imagem) e nós a pagármos... 


Vai mas é uma mIni e um pires dos amarelinhos para descontrair!

Até mais logo, oh pá!

publicado por davidbranco às 15:06

Fevereiro 20 2009

Uma anedota que pode bem simbolizar as acções do nosso governo:

 

 Um dia o Sócrates contratou um trabalhador e colocou-o a abrir

  rasgos na terra. Deu-lhe um horário de trabalho das 8:00 às 17:00
  horas.

  Certo dia Sócrates observando o trabalho do seu
  colaborador, achou que podia ser melhor aproveitado.
  Sugeriu-lhe então o seguinte:

  - Ó amigo, já que você tem 2 mãos, com uma mão você cava e com a
  outra vai regando. Olhe e já agora começa a vir das 7:00 às 18:00   horas.

  No outro dia, Sócrates olhou outra vez para o seu colaborador e
  achou-o ainda pouco produtivo. Então sugeriu-lhe:

  - Já que você além das mãos tem também uma boca, podia enchê-la de
  sementes e enquanto com uma
  mão cava e com a outra rega podia  cuspir as sementes. Já agora
  começa a trabalhar ás 6.00 e termina às 19:00 horas.

  Noutro dia Sócrates começou a pensar que o seu colaborador deveria
  trabalhar enquanto houvesse luz de dia. Portanto sugeriu-lhe que o
  seu trabalho passasse a ser das 5:00 até às 22:00 horas. E assim foi.

  Um dia quando o pobre trabalhador voltava a casa do
  trabalho, deparou com a sua mulher com outro homem na cama.O homem,
  chorou, chorou, chorou vezes sem conta até que a mulher e o amante
  desesperados com
  aquela situação, tentaram consola-lo, perguntando-lhe porque chorava
  ele assim tanto. Ao que ele respondeu:

  - Se o Sócrates descobre agora que eu tenho 2 cornos, coloca-me lá
  umas lanternas e põe-me a trabalhar a noite toda.!!!

publicado por davidbranco às 14:38

Receber actualizações no mail

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

dia-a-dia numa tasca virtual que é a imagem do local tipicamente Português: A Tasca (em representação de todas as tascas) onde se come o belo do tremoço a acompanhar a Mine... Assim se vai criticando e olhando a sociedade...
mais sobre mim
Maio 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


pesquisar
 
subscrever feeds