mInis & tRemoços!

Receber actualizações no mail

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Dezembro 17 2009

Estamos em época natalícia. As vendas da mini e do tremoço caem em queda. Mas isso agora não é o maior drama. Desde que o Benfica ganhe estamos sempre bem e ninguém se lembra de crises e sismos ou coisas parecidas.

Vejo uma rua de poucos metros com nove mendigos a gritar por dinheiro para comida ou sabe-se lá o quê. Pessoas passam indiferentes, entram e saem das lojas carregadas de sacos, apregoa-se a lotaria do Natal e até se vendem as (caras) castanhas.

O normal nesta altura do ano.

Algo me chama a atenção! Há quase dois anos que todos os dias passo neste local e de vez a quando vejo esta figura carismática que vive alegre dentro das suas condicionantes e indiferente a esta panóplia de acontecimentos fúteis!

 

Falo do Pombo Pulha como o baptizámos, o pombo dos coutos, ou mesmo o pombo sem patas.

É verdade! Num largo onde existem centenas de pombos correio, indiferentes e todos muito semelhantes, há um que se destaca pelas sua pose robusta e brilhante mas... que não tem pernas!

 

Ele voa, ele come, ele no verão chapinha no chafariz, ele "rouba" palhas ao presépio municipal, ele caga nas nossas cabeças, ele gala e faz peito às pombas, faz tudo como qualquer outro pombo, a única diferença é que teve de se adaptar á sua constituição física inacabada ou mutilada em tempos por algum humano mais espertinho, quem sabe!

 

Nas outras alturas do ano nem reparava muito neste pombo, embora saiba que ele ali está, mas há dias ao observá-lo pus-me a pensar: Este pombo é o retrato dos Portugueses nesta época do Natal.

 

Apesar das suas limitações vive como se fosse rei e senhor e faz tudo o que os que não têm limitações fazem.

É claro que aqui não falo de limitações físicas. A analogia que quero passar é que o povo português fala de crise e que isto está mau mas nesta altura esquece tudo isso e que é consumismo e prendinhas...

 

É curioso ir ao domingo a uma grande superfície comercial e não ter lugar para estacionar e estarem dois funcionários em cada caixa por exemplo...

Depois vêm falar em crise... Crise qual crise!!?? Se realmente se soubesse gerir o 13º mês não se viam situações destas. O pessoal controlava-se e não dava uso aos plásticos milagrosos que o deixam endividado o resto do ano...

 

Mas pronto é Natal... e que culpa tem o pombo sem patas afinal? É assim a vida dele, é assim a mentalidade do português!!

 

venham beber minis mas é! ;)

publicado por davidbranco às 15:00

Junho 23 2009

Há pouco quando vos cabava de escrever, algo de estranho se passava na esplanada. Até vos disse: "Acho que uns clientes nossos se estão ali fora a preparar para algo estrondoso, estão os quatro à volta de um portátil com uma daquelas pens que largam internet e a rir uns dos outros. O que será? Vou investigar e já digo alguma coisa ok?"

 

Pois bem as minhas investigações não falham e as minhas teorias são fatais. Pouco depois da hora do almoço apercebi-me de movimentações ainda mais estranhas e foi ai que avancei sem medos e descobri o que estava por trás de tanta algazarra e euforia.

 

Os quatro marmanjos que aqui andam sempre, O António Camisa, o Jorge Motores e as Marias (Fazenda e GTI) lançaram um blog para contar e divulgar ao mundo, o que de mais espectacular se passa no "seu mundo". Eles são cá umas personagens...

Como até são bons e habituais clientes não fiquei chateado e até lhes paguei uma rodada.

 

Ora eles andam sempre a armar das suas e a falar de tudo o que se vai passando na actualidade. Para tal criaram um blog, o Ca Cena que pode ser visitado em www.cacena.com

Espero que gostem, eu gostei e até já subscrevi o RSS Feed por mail para ser dos primeiros a saber das novidades. Ah pois é, como eles dizem, tas a ver ou não!?

publicado por davidbranco às 16:59

Março 03 2009

(off-topic)

Vai uma pessoa almoçar na pequena uma hora que tem e tem de ir ao banco...

Ora lá se vai todo o tempo e lá vamos nós ter de almoçar a correr.

Hoje parecia diferente, tinha de ir ao banco e aos correios. Optei por esta ordem por questões logísticas e fiquei contente ao entrar na CGD e ver que so tinha 4 números da senha A á minha frente. Pensei hoje 5 minutinhos e tou safo.


Mentira, deram em atender pessoas das senhas C, D e G e as da A pouco andaram pois só estavam 2 funcionários ao balcão.

A malta reclamou e a justificação é que é hora de almoço. Mas estão pelo menos 20 funcionários (contei eu) nas secretárias atrás do balcão a fazer sabe-se lá o quê... Podiam muito bem dar uma mãozinha nestas horas de almoço aflitas e movimentadas...


Conclusão... Esquece os correios senão ai nem almoçava pois o atendimento é semelhante e almoço a correr em 15 minutos... Se tivesse espinhas e me engasgasse queria ver quem me idmenizava...


Mas pronto é o pais que temos... Pena é não dar para depositar cheques pela net e as máquinas de depósito não aceitarem o meu cartão senão eu nunca ia a um balcão de um banco... Nuncaaaaa


Vou fazer à antiga! Esconder tudo debaixo do colchão ou na copa de uma árvore disfarçado de pássaro, em último caso compro um Magalhães para guardar la dentro, mas passar tempo e secas em filas de bancos... Não Obrigado!

Ainda por cima nestes capitalistas com uma mega sede (ver imagem) e nós a pagármos... 


Vai mas é uma mIni e um pires dos amarelinhos para descontrair!

Até mais logo, oh pá!

publicado por davidbranco às 15:06

Fevereiro 25 2009

Após merecida e esperada ausência a Tasca voltou a abriri e já se ouviam ontem dragões tremer frente ao Atlético.

Balanço de férias pseudo-negativo pois constipei-me e fiquei cheio de dores de garganta... Nada que não passe com umas fresquinhas!

Os tremoços continuam dos melhor da região e arredores, com aquela pitada de sla mágica que só aqui se sabe como fazer.

 

As conversas rodam sobre o carnaval e o magalhães, passando um pouco pela pouca paciência e imaginação das gentes actuais para o desfile carnavalesco.

Ontem lá passou um Peter Pan, um fantasma e uma grupo de quatro palhaços que lá vão tentando manter o espírito.

Se não fosse isso e o programa do João Baião a dar no plasma da frente nem me lembrava que era carnaval. Ah quer dizer pelo fluxo de trânsito também se podia suspeitar de algo...

 

Fiquem atentos pois em breve saem os mais frescos assuntos aqui da tasca do mInis & tRemoços. Agora está na hora do belo pão de centeio e da fatia de toucinho...

publicado por davidbranco às 11:43

Fevereiro 21 2009

Avisan-se as mais altas entidades que mim, Jeseférsio Maria Glaudino II (nome artístico adoptado dos pesqueiros da Napolinésia) ir de férias ou algo parecido pois não descontam nas férias até Quarta-Feira sem comparecer no estabelecimento.

Qualquer coisa que me queriam dizer, epá não digam que quero ter descanso.

Carnaval!!??

Nem me falem nisso, o programa vai ser outro e poucas parecenças terá com algo carnavalesco, já chegou ontem os miúdos aos berros no largo aqui em frente à tasca... E no fim tudo sujo cheio de bolas e serpentinas na calçada, que vergonha, nenhuma professora se dignou limpar e depois vêm dizer mal da ministra...

Querem é aparecer como diz o outro.

Assim mim se despede e até quarta que a tasca já tá no horário laboral normal. Até lá podem ir à tasca do Russo que ele dá-me uns cêntimos por cada cliente meu que lá for e beber pelo menos uma mini. 

É uma espécie de programa de afiliação. Mas não se estiquem, quarta-feira voltem aqui...

 

Terça à noite já dou notícias de como foi as mini férias para podermos ter tema de conversa na quarta já que o Correio da Manhã é só desgraças e a revista Vidas e a Domingo já devem tar todas riscadas, babadas ou assim.

 

Adeus e bom Carnaval, seja isso o que cada um bem entender!

publicado por davidbranco às 12:09

Fevereiro 20 2009

Uma anedota que pode bem simbolizar as acções do nosso governo:

 

 Um dia o Sócrates contratou um trabalhador e colocou-o a abrir

  rasgos na terra. Deu-lhe um horário de trabalho das 8:00 às 17:00
  horas.

  Certo dia Sócrates observando o trabalho do seu
  colaborador, achou que podia ser melhor aproveitado.
  Sugeriu-lhe então o seguinte:

  - Ó amigo, já que você tem 2 mãos, com uma mão você cava e com a
  outra vai regando. Olhe e já agora começa a vir das 7:00 às 18:00   horas.

  No outro dia, Sócrates olhou outra vez para o seu colaborador e
  achou-o ainda pouco produtivo. Então sugeriu-lhe:

  - Já que você além das mãos tem também uma boca, podia enchê-la de
  sementes e enquanto com uma
  mão cava e com a outra rega podia  cuspir as sementes. Já agora
  começa a trabalhar ás 6.00 e termina às 19:00 horas.

  Noutro dia Sócrates começou a pensar que o seu colaborador deveria
  trabalhar enquanto houvesse luz de dia. Portanto sugeriu-lhe que o
  seu trabalho passasse a ser das 5:00 até às 22:00 horas. E assim foi.

  Um dia quando o pobre trabalhador voltava a casa do
  trabalho, deparou com a sua mulher com outro homem na cama.O homem,
  chorou, chorou, chorou vezes sem conta até que a mulher e o amante
  desesperados com
  aquela situação, tentaram consola-lo, perguntando-lhe porque chorava
  ele assim tanto. Ao que ele respondeu:

  - Se o Sócrates descobre agora que eu tenho 2 cornos, coloca-me lá
  umas lanternas e põe-me a trabalhar a noite toda.!!!

publicado por davidbranco às 14:38

Receber actualizações no mail

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

dia-a-dia numa tasca virtual que é a imagem do local tipicamente Português: A Tasca (em representação de todas as tascas) onde se come o belo do tremoço a acompanhar a Mine... Assim se vai criticando e olhando a sociedade...
mais sobre mim
Maio 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


pesquisar